Apresentação

Este é o quarto volume do periódico “Resumos Expandidos de Relatórios de Projetos de Investigação Científica”, publicação da Coordenadoria de Investigação Científica, do Centro Universitário Fibra.

Desta feita, a edição conta com 24 resumos referentes aos projetos realizados de março de 2018 a fevereiro de 2019, pelos cursos de Biomedicina, 3 (três); Enfermagem, 3 (três); Farmácia, 6 (seis); Nutrição, 2 (dois); Administração, 2 (dois); Direito, 2 (dois); História, 2 (dois); e Serviço Social, 4 (quatro). As áreas gerais de conhecimento contemplam os campos da Saúde e Bemestar (Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Nutrição e Serviço Social); Negócios, Administração e Direito (Administração e Direito); e Artes e Humanidades (História), e as temáticas refletem problemas sociais no âmbito das Ciências Biológicas e da Saúde Pública; das Ciências Sociais Aplicadas; e das Ciências Humanas, voltadas para as linhas de pesquisa “Inovações Tecnológicas” e “Responsabilidade Social e Cultural”.

De cada projeto, conforme os respectivos nomes referidos no sumário, faz-se uma breve apresentação, expondo seus objetivos, aportes teóricos, procedimentos metodológicos e resultados.

O Prof. Adonis de Melo Lima, do Curso de Biomedicina, ao julgar a relevância de se desenvolverem novos fármacos frente à alta capacidade de incorporação de mutações genéticas que tornam o VIH resistente aos antivirais pré-existentes, realizou o projeto de investigação científica “O estudo biotecnológico da lectina cianobacteriana microvirina”, em que realiza análises in silico da microvirina de Microcystis aeruginosa CACIAM 03 para sua otimização estrutural, visando à melhora da interação receptor-ligante. Valeu-se dos procedimentos de modelagem por homologia e docagem dos substratos; simulação de mutações sítio dirigidas; preparação dos sistemas para dinâmica molecular; simulações de dinâmica molecular; e cálculo do RMSD e distâncias médias. As características estruturais obtidas da proteína de Microcystis aeruginosa apontaram um mutante, trabalhado e aprimorado para geração de uma proteína otimizada que possa ser estável em ambiente aquoso. Os fluidos corporais apresentaram em sua composição uma grande quantidade de água e os resultados corroboram um excelente comportamento do mutante desenhado em meio aquoso. Isso reforça a importância dessa lectina, que tem função adaptativa nas cianobactérias.

Verificar o tempo de cocção da maniva e do tucupi, visando a contribuir com a segurança alimentar e a minimizar os riscos de morbidade pela exposição, por muitos anos, a esses produtos e, até mesmo, de letalidade da população, foi o objetivo da pesquisa “Padronização do tempo de cocção de dois produtos derivados da manihot sculenta crantz: maniva e tucupi”, desenvolvida pela Profª Claudia Simone Baltazar de Oliveira, do Curso de Biomedicina. O estudo foi do tipo observacional, transversal, quantitativo e analítico, e realizado em amostras obtidas em boxes do mercado do Ver-o-Peso, no ano de 2018, em Belém, estado do Pará. Os dados foram avaliados por meio de média, mediana, desvio padrão, mínimo e máximo. Os processos de cocção foram eficientes, demonstrando que são de suma importância para a eliminação dos resíduos do HCN na maniva e no tucupi. As variações existentes do HCN nos alimentos, nos boxes, podem decorrer da diferenciação dos processos de cocção, sugerindo que a forma mais segura de eliminação do resíduo de HCN é quando o consumidor realiza todas as etapas de cocção recomendados.

A pesquisa “Análise do potencial biotecnológico, farmacêutico e biomédico de enzimas l-asparaginases”, desenvolvida pelo Prof. Ronaldo Correia da Silva, do Curso de Biomedicina, utilizou ferramentas de bioinformática com o objetivo de construir um modelo teórico da enzima L-Asparaginase, de apenas uma linhagem de fungos, obtida no GenBank. Essas enzimas são de grande interesse biotecnológico, por desempenharem um papel importante no metabolismo dos aminoácidos em uma variedade de organismos. Foram realizadas consultas no banco de dados Pfam e construídos diversos modelos tridimensionais, utilizandose o programa de modelagem comparativa MODELLER, versão 9.10, partindo do alinhamento entre o alvo e a proteína-modelo; e a técnica de docagem molecular. Os resultados confirmam a conservação do sítio ativo e da maioria de suas estruturas secundárias, mostrando a modelagem por homologia ser uma boa alternativa para elucidação de estruturas tridimensionais em curto espaço de tempo. Além disso, o acoplamento com o substrato endógeno mostrou sua afinidade ao sítio catalítico da enzima, corroborando os estudos de mecanismo catalítico enzimático.

A Profª Lidiane Xavier de Sena, do Curso de Enfermagem, reconhecendo que a violência à mulher acontece em todas as fases de sua vida, incluindo a gestacional, em suas formas física, psicológica e sexual, realizou a pesquisa “Violência contra a gestante à luz da teoria holística de Levine”. A proposta visou ao encorajando, empoderamento e fortalecimento de mulheres no período gestacional frente à violência doméstica e familiar. É de cunho exploratório de abordagem qualitativa. Foi realizado levantamento bibliográfico para propor estratégias de enfermagem a gestantes vítimas de violência doméstica e intrafamiliar a partir de artigos indexados nas bases de dados da LILACS, MEDLINE, BDENF E SCIELO. Os descritores utilizados para o cruzamento nas bases acima referidas foram “Violência por parceiro íntimo”, “Gestante” e “Enfermagem”. Os resultados fornecem subsídios para a sensibilização dos profissionais que atuam na assistência à saúde de gestantes, levando em consideração questões social, cultural, espiritual, física e psíquica. Apontam para a necessidade de novas pesquisas com a utilização da teoria de Levive, frente à escassez de publicações em nível nacional e internacional na área da saúde/enfermagem.

Considerando ser importante à enfermagem, ao promover a saúde de pessoas idosas, incluir seus familiares, as professoras Nadia Pinheiro da Costa e Renata de J. S. Negrão, do Curso de Enfermagem, realizaram a investigação “A participação da família no tratamento de idosos”. Propuseram-se a verificar a atuação da família no tratamento de idosos, procurando conhecer as relações desses entre familiares e na comunidade em que vivem. O estudo foi do tipo descritivo e qualitativo. Foram aplicadas as ferramentas genograma e ecomapa. Os participantes foram quatro idosos com 60 anos ou mais de idade, de ambos os sexos, matriculados no Ambulatório de Ensino do Centro Universitário Fibra. Na análise dos dados, os determinantes sociais de saúde (DDS) foram levados em consideração, por influenciarem na vida do indivíduo, como renda, educação, ocupação, estrutura familiar, disponibilidade de serviços, saneamento, exposições a doenças, redes e apoio social, discriminação social e acesso a ações preventivas de saúde. Foram identificadas fragilidades quanto à desvalorização das unidades básicas de saúde, para promoção e reabilitação de saúde, ao estilo de vida, à saúde e à rede social.

A pesquisa “Câncer da próstata: conhecimento de homens trabalhadores atendidos no ambulatório de saúde de uma faculdade em Belém”, foi realizada pela Profª. Tatiana Menezes Noronha Panzetti, do Curso de Enfermagem, com objetivo de identificar e analisar o conhecimento de homens trabalhadores atendidos no ambulatório de saúde de uma faculdade em Belém, sobre o câncer da próstata e prevenção. O estudo foi do tipo descritivo-analítico e qualitativo. Os atores foram 10 trabalhadores, com média de idade de 33,2 (de 22 a 49 anos). A coleta de dados foi feita por meio de entrevista semiestruturada. Constatou-se que a maioria dos entrevistados não possui conhecimento dos métodos de prevenção preconizados pelo Ministério da Saúde; não sabe identificar os fatores de risco associados ao câncer de próstata; e apresentou dificuldade para assimilar os conhecimentos com as práticas preventivas. Esta investigação, pôr possibilitar entender os fatores envolvidos no comportamento, nas crenças, na cultura e nos tabus dos homens frente ao rastreamento do câncer de próstata, poderá subsidiar o planejamento de ações de saúde, ou desenvolvimento de campanhas educativas e preventivas.

O Prof. Alan Barroso Araújo Grisólia, do Curso de Farmácia, desenvolveu a pesquisa “Papel do sistema gabaérgico na liberação de ocitocina de células hipotalâmicas sob condições hiperósmicas”. Estudar a neuroquímica da estrutura do sistema nervoso central implica descrever mecanismos de gatilho na resposta neuroendócrina e também desbravar muito além do conhecimento em neuroquímica, permeando por regiões de fronteira na ciência, que envolvem a fisiologia, biologia celular, farmacologia, neurociência e neuroendocrinologia. Considerando haver poucos estudos a respeito, o objetivo da pesquisa foi avaliar o efeito do meio hipertônico sobre os níveis extracelulares dos neurotransmissores GABA e sua relação com a liberação de ocitocina em preparações de hipotálamo de ratos. Foi possível descrever uma sequência de eventos neuroquímicos desencadeados pela hipertonicidade, os quais culminam com a liberação de OT. No ambiente isotônico, foram encontradas concentrações de GABA suficientes para manter uma inibição tônica, mediada pelo receptor GABAa, sem participação do receptor GABAb. O estudo sugere que a liberação de ocitocina estimulada por hipertonicidade depende da diminuição de GABA.

Pelo fato de a ocorrência de enteroparasitoses ser um problema de saúde pública e pela escassez de estudos na região Norte sobre a prevalência de parasitoses intestinais, a Profª Amanda Gabryelle Nunes Cardoso Mello, do Curso de Farmácia, desenvolveu a pesquisa “Prevalência de enteroparasitose e sua associação com perfil hematológico e bioquímico”. O objetivo foi analisar a prevalência de enteroparasitoses, associando ao perfil hematológico e bioquímico, em pacientes oriundos da região rural do município de Cametá, no estado do Pará. O estudo é prospectivo e quantitativo de casos de pacientes atendidos no Laboratório de Análises Clínicas Carlos Lima, de junho a outubro de 2018. A inclusão dos sujeitos considerou: diagnóstico positivo para enteroparasitose; adultos entre 18 anos a 65 anos de idade, de ambos os gêneros, assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE); ausência de sinais graves e de doenças crônicas. Foram analisadas 76 amostras de exames parasitológicos, bioquímicos e hematológicos. Os dados servirão de alerta às autoridades competentes para elaborar medidas preventivas de controle dessa doença, no sentido de implantarem melhorias nas condições básicas de educação e saneamento.

Ao considerar que, apesar do amplo uso do óleo de andiroba pelas populações amazônicas e da Monografia da espécie, faltam informações a seu respeito, podendo facilitar seu processo de adulteração, o Prof. Christian Neri Lameira, do Curso de Farmácia, justifica a realização da pesquisa “Contribuição farmacognóstica para monografia do óleo de carapa guianensisz aublert”. O objetivo foi aplicar metodologia farmacognóstica para controle de qualidade físicoquímico do óleo das sementes de andiroba. Cada amostra foi produzida de cerca de 200 sementes (2,5 kg) coletadas dos frutos da árvore de andiroba, do banco de germoplasma da Embrapa Amazônia Oriental, localizada na cidade de Belém/PA. A metodologia de extração e o tempo de armazenamento influíram para a diferença encontrada nos resultados, o que possibilitou entender como esses fatores influenciaram nas características físico-químicas e organolépticas do óleo. O estudo contribui com a Monografia da Carapaguianensis Aubl (andiroba), dado que, nesta, não está descrita a análise do pH e do índice de acidez.

A Profª. Daniella Paternostro de Araújo Grisólia, do Curso de Farmácia, realizou a pesquisa “Avaliação da atividade antibacteriana do extrato hidroalcoólico e aquoso do fruto do jucá frente à bactéria causadora da acne Propionibacterium Acnes”, cujo objetivo foi avaliar o perfil fitoquímico do extrato aquoso e hidroalcóolico do fruto referido, visando a sua utilização como fonte de recursos terapêuticos. Os frutos do jucá foram coletados e identificados na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), no segundo semestre de 2018, no município de Belém, estado do Pará, Brasil, e processados no Laboratório de Fitoquímica e Laboratório de Plantas e Alimentos, do Centro Universitário Fibra. O método usado foi maceração, ao longo de sete dias. Os resultados da análise do perfil fitoquímico demonstraram presença demetabólitos secundários como taninos, flavonoides, alcaloides e cumarina, no extrato aquoso. As análises demonstraram, ainda, que o extrato hidroalcoólico do jucá apresentou alguns metabólitos secundários como os taninos, alcaloides e flavonoides, na análise fitoquímica. A presença desses metabólitos ativos justifica o uso dessa planta em beneficio à saúde humana. A identificação botânica do vegetal foi realizada, na EMBRAPA.

Considerando ser necessário avaliar a qualidade do leite utilizado pela população, a Profª Margareth Tavares Silva, do Curso de Farmácia, realizou a pesquisa “Determinação de aflatoxinas do tipo M1 em leite UHT comercializados na cidade de Belém”. O objetivo foi analisar a qualidade do leite UHT, quanto à presença de aflatoxina do tipo M1. A presença dessa toxina nos alimentos representa um grave problema de saúde devido aos efeitos tóxicos e mutagênicos que podem causar em animais e seres humanos. O método analítico utilizado foi o de cromatografia em camada delgada, avaliado por meio da obtenção de seus limites de detecção, quantificação, percentual de recuperação e coeficiente de variação, considerando o coeficiente de variação (CV), obtido em condições de repetibilidade. Foram coletadas 22 amostras de leite UHT integral, desnatado e semidesnatado, de diferentes marcas em uma rede de supermercados, e analisadas no Centro Universitário Fibra. Das amostras de leite UHT integral, desnatado e semidesnatado, nenhuma apresentou dado positivo para AFM1. O resultado foi semelhante ao encontrado em outros estudos no Brasil. Concluiu a pesquisa que o método de cromatografia em camada delgada para a determinação de aflatoxina M1 é eficiente.

A qualidade de medicamentos é assegurada por normas estabelecidas por órgãos fiscalizadores e tornase obrigatória, para atender às necessidades comerciais e obter atributos legal, ético e moral, que preencham os requisitos técnicos. Essas considerações, por si, justificam a realização da pesquisa “Controle de qualidade de princípios ativos inorgânicos”, desenvolvida pelo Prof. Sanclayver CorrêaAraújo, do Curso de Farmácia. O objetivo traçado foi realizar análises químicas de amostras de carbonato de cálcio, bicarbonato de sódio, de hidróxido de magnésio, de hipoclorito de sódio e de ácido bórico. As análises seguiram as normas da Farmacopeia Brasileira (2010). Das amostras analisadas, apenas não foram reprovadas as de hidróxido de magnésio. Julga-se que a falta de exatidão ocorre devido a diversos tipos de erros experimentais. O tema apresenta relevância cientifica, porque possibilita gerar resultados que poderão contribuir para a comprovação dos testes farmacêuticos já realizados e para o incentivo à busca e manutenção de sua qualidade. Tornam-se necessárias, no entanto, análises mais profundas, com testes mais eficazes e materiais de alta qualidade para minimizar os erros experimentais.

Sabendo que não há muitos estudos que demonstrem a relação entre a alimentação e a qualidade de vida em indivíduos com lúpus, mas que há evidências de que a qualidade da alimentação pela ingestão de certos nutrientes está relacionada à melhora de seu perfil clínico, a Profª Deborah Helena Pimentel de Araújo, do Curso de Nutrição, realizou a pesquisa “Estado nutricional em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico”. O objetivo foi avaliar o consumo alimentar inadequado de mulheres acometidas de LES e sua influência no estado nutricional. O estudo foi do tipo transversal descritivo, quantitativo e qualitativo. Foi aprovado pelo comitê de ética e pesquisa, CEP 2.686.715. A amostra compôs-se de pessoas entre 15 – 45 anos de idade, de diferentes localidades de Belém, Pará, atendidas no ambulatório de nutrição do Centro Universitário Fibra. Foi visto que as causas predominantes de morte nesses pacientes estão associadas ao sistema circulatório e a doenças endócrinas, nutricionais e metabólicas, fatores esses que possivelmente decorrem da baixa prevalência de orientação nutricional pelos profissionais de saúde, pelos parâmetros laboratoriais alterados e pela alimentação inadequada.

A Profª. Silvana de Fátima Oliveira de Almeida, do Curso Nutrição, realizou a pesquisa “Determinação dos parâmetros físico-químico e microbiológico do molusco bivalve teredinídeo (teredo sp.) “turu”, comercializado em Bragança, no Pará”. Considera que, apesar de o molusco teredinídeo ser muito consumido e ser uma alternativa de renda, existem poucos estudos sobre suas características nutricionais e higiênico-sanitárias. A pesquisa é de cunho descritivo e as análises seguiram a metodologia preconizada por Instituto Adolpho Lutz (2008). Foram coletados 600 gramas de amostra de “turu” e as análises foram feitas em triplicata. Quanto à análise microbiológica, as amostras apresentaram-se no limite de seu fresco, com contaminação de bactérias aeróbias mesófilas e leveduras. Para análise de Salmonella, os resultados foram negativos. Verificou a professora que o processo de obtenção do “turu” é realizado de forma artesanal, os manipuladores não possuem conhecimentos sobre técnicas básicas e adequadas de higiene pessoal, além de desconhecerem programas de qualidade; e que o “turu” é uma fonte de proteína, com reduzido teor de lipídios e carboidratos, podendo ser considerado um alimento nutricionalmente adequado.

A investigação “Percepção do manejo de resíduos sólidos na Faculdade Integrada Brasil Amazônia nos cursos de Serviço Social e Geografia”, realizada pelo Profª. Giovana Cristina Pantoja de Souza, do Curso de Serviço Social, procurou compreender como os acadêmicos de Serviço Social e Geografia descartam seus resíduos dentro da instituição em suas casas, no trabalho e em outros lugares de convívio social. Foi elaborado um questionário com dez (10) perguntas, quatro (4) abertas e seis (6) fechadas, o qual foi aplicado a setenta e oito (78) acadêmicos do Curso de Serviço Social e doze (12) do Curso de Geografia. O estudo contribui para reflexão sobre o tema meio ambiente no interior de uma faculdade. Teve seus objetivos alcançados, ao ter permitido autorreflexão dos estudantes em relação à questão do manejo dos resíduos sólidos. Os resultados mostraram que alguns acadêmicos ainda são resistentes à prática da autoavaliação. Essa atitude ficou visível a quando da aplicação do questionário, pois alguns disseram que não tinham tempo para responder às questões e que o fariam em casa, mas, mesmo assim, não o devolveram, justificando novamente a falta de tempo.

“Limites e possibilidades no atendimento de alunos com deficiência na rede de serviços do município de Belém -- PA: um estudo a partir do Centro de Referência em Inclusão Educacional Gabriel de Lima Mendes” foi a investigação realizada pela Profª. Michele Lima de Souza, do Curso de Serviço Social. Com base na hipótese: A prestação de serviços com equipe multiprofissional qualificada, disponibilizada pelo poder público municipal, não é capaz de garantir a efetividade no atendimento de alunos com deficiência, foi traçado o objetivo: Avaliar a relação de efetividade de atendimento dos alunos na rede de serviços do Centro de Referência em Inclusão Educacional Gabriel de Lima Mendes. A investigação é de natureza exploratória. Foi feito levantamento bibliográfico de relatórios institucionais das atividades e encaminhamentos, e de literaturas relacionadas à temática, e realizadas visitas in loco. Reforçou a autora o quanto o Serviço Social é importante para entender às dificuldades básicas encontradas no âmbito da educação especial bem como evidenciou a falta de estrutura para os alunos e as famílias, e para os próprios profissionais que atuam nesse contexto.

Reconhecendo a importância da participação da família e da assistência social, na área da educação especial, a Profª. Núbia Cristina Assunção Miranda, do Curso de Serviço Social, realizou a pesquisa “O perfil das famílias da educação especial no município de Belém: um estudo para o Serviço Social”. O locus foi o Centro de Referência em Inclusão Educacional “Gabriel Lima Mendes”/CRIE, que tem como público-alvo alunos com deficiência ou indicativo de deficiência. Trata-se de um estudo exploratório, documental, conjugando revisão bibliográfica e coleta de dados de relatórios multiprofissionais e fichas de atendimento social. Foi um trabalho árduo, realizado ao longo de 12 meses – janeiro de 2018 a fevereiro de 2019 –, em virtude de ter por base as diversas categorias do perfil familiar que chegam ao CRIE. Foi identificado o perfil de seiscentas famílias, cadastradas no período de 2014 a 2017. Considerou a autora ter sido bastante significativa a pesquisa, pois novos conhecimentos se apresentaram assim como esses apontaram outros questionamentos a serem investigados e comprovou-se que as políticas sociais precisam se tornar eficientes para que haja melhoria nas condições de vida das famílias analisadas.

O descumprimento de políticas públicas básicas em comunidades quilombolas, fundamentais para promover qualidade de vida plena e emancipatória, foi a razão de ter sido realizada a pesquisa “Um estudo sobre as políticas públicas de inclusão social na comunidade quilombola do Abacatal Ananindeua/PA” pela Profª Sônia Cristina de Albuquerque Vieira, do Curso de Serviço Social. As políticas de inclusão social contempladas foram: saúde, educação e moradia. Foi utilizado o método de pesquisa bibliográfica sobre quilombos no Brasil e, em especial, na Amazônia. No que se refere à saúde, foram observadas as práticas inclusivas, relativas ao atendimento, previstas, definidas, em especial, às populações tradicionais quilombolas, pelo Ministério da Saúde. Quanto às políticas educativas e referentes à titulação e construção da identidade dos moradores, o estudo teve como parâmetro de análise o que prevê a lei 10.139/03 sobre ações inclusivas. Foram problematizados os avanços tecnológicos, uma vez que a aproximação da comunidade do Abacatal a áreas urbanas representa estigmas e conflitos entre o modo de vida tradicional e de outras realidades sociais, e o que é concebido como racismo sistêmico, para se reivindicar uma pedagogia antirracista.

Percebendo que as organizações produtoras de objetos religiosos feitos em cera, na cidade de Belém -- PA, são pouco percebidas, embora, em festejos religiosos, seus produtos fiquem bastante em destaque, o Prof. Jairton Dimas do Nascimento Silveira, do Curso de Administração, procurou saber se essas organizações planejam e percebem a situação em que se encontram no mercado. Assim, realizou o projeto “Planejamento de organizações produtoras de objetos religiosos feitos de cera em Belém -- PA: análise SWOT e cinco forças de Porter”. Foram coletadas informações organizacionais referentes às variáveis forças e fraquezas, oportunidades e ameaças, em relação ao mercado, por meio da realização de entrevistas, questionário e registros fotográficos. A partir do cruzamento dessas variáveis, percebeu-se que as organizações se encontram em situação de crescimento, já que apresentam um número maior de fraquezas e oportunidades, mas que estão no limite da sua sobrevivência por não saberem buscar meios para seu desenvolvimento. A questão da pesquisa foi respondida, ao identificar que as organizações não planejam nem percebem a real situação em que se encontram, vivendo apenas o presente.

Por conceber que toda organização deveria ter uma preocupação com a gestão estratégica, cujo ponto de partida é a atenção aos objetivos e metas, o Prof Rinaldo Ribeiro Moraes, do Curso de Administração, realizou a pesquisa “Comparação de desempenho de diretrizes estratégicas em empresas familiares na cidade de Belém (Pará): um estudo de caso nas sorveterias Cairu e Ice Bode”. Propôs-se a tratar de questões organizacionais e de que forma essas interferem na gestão de uma empresa familiar, considerando os aspectos missão, visão, valores e objetivos estratégicos, o diferencial competitivo e o planejamento em longo prazo. A pesquisa é de ordem descritiva e bibliográfica, e de estudo de caso. Conta com uma população de dois (2) sócios-proprietários, uma gerente administrativa e doze (12) colaboradores. A obtenção dos dados foi realizada por meio de entrevista. Foi observado que as empresas se pautam por pontos básicos da administração: planejamento, direção e controle, e apresentam grande potencial em termos de oportunidade, de crescimento e de diferencial competitivo. No entanto não possuem princípios e valores, direcionamento formal nem metodologia eficiente para atingi-los e alcançar suas metas de modo mais eficaz.

Com o intuito de potencializar habilidades cognitivas de alunos de uma faculdade particular de Belém – Pará, no sentido de reduzir os efeitos de ansiedade e estresse, produzidos no ambiente de trabalho ou no período de avaliação, o Prof. Paulo Rogério de Souza Garcia, do Curso de Direito, realizou a investigação “A meditação como ação de potencial cognitivo: um estudo”. O estudo foi do tipo experimental, orientado por meio de observação controlada, com uma abordagem quanti-qualitativa. Os dados sobre o perfil sociodemográfico dos participantes foram coletados mediante um “questionário dirigido” e os dados sobre a meditação, mediante um “questionário com perguntas objetivas e subjetivas. Com relação ao rendimento escolar, os dados foram extraídos do banco de dados da IES. Foram utilizadas almofadas e técnicas de meditação guiada com uso de sino pin, meditação aberta a meditação autotranscedência automática. A investigação seguiu princípios éticos e epistemológicos. Confirma que pela meditação é possível obter melhor condicionamento para o estudo ao produzir no praticante um relaxamento muscular e mental, reduzindo a ansiedade e o estresse diários, e equilibrando o lado emocional. “A dinâmica da recuperação extrajudicial na lei nº 11.101/05: análise de casos concretos na perspectiva da mediação e arbitragem” foi a pesquisa desenvolvida também pelo Prof. Rinaldo Moraes, agora como docente do Curso de Direito. É um tema ainda muito pouco conhecido e utilizado, mas atual e relevante pela importância que o Direito Empresarial representa para o capitalismo e para todos os empreendedores e operadores do Direito Empresarial. O objetivo foi entender a arbitragem na lei nº 11.101/05, em sua forma de recuperação extrajudicial.

iante de um cenário de recessão, que exige dos gestores decisões rápidas e assertivas, avaliar uma empresa é uma ferramenta que permite compreender o reflexo da recessão sobre o mercado consumidor. Foi abordada a legitimidade ativa e observados os requisitos subjetivos para se requerer a recuperação judicial, além de toda a discussão dos créditos e também as fases do processo, desde a petição inicial até a sentença do Juiz. A metodologia utilizada foi a descritivo-bibliográfica, com análise doutrinária e de caso concreto, tendo como objeto a Câmara Nacional de Arbitragem Jurídica, localizada em Belém do Pará.

O Prof. Edilson Mateus Costa da Silva, do Curso de História, desenvolveu a pesquisa “História e música popular no ensino médio”, em prosseguimento ao projeto “Música popular no ensino de história e estudos amazônicos”, desenvolvido, no âmbito do Ensino Fundamental, em 2016, em Belém, Pará. O foco, agora, foi abordar como tem sido a utilização da música popular em sala de aula de História, no Ensino Médio. As reflexões nortearam-se pelos parâmetros referentes ao ENEM e a outros vestibulares, bem como à Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio. O autor atentou para os debates relacionados ao conteúdo da disciplina e/ou da sua interdisciplinaridade, a partir de entrevista com membros da comunidade acadêmica, professores universitários e da Educação Básica, pesquisadores e discentes de História do Ensino Médio. Foi visto que há grande dificuldade com o manejo da música como uma das metodologias para o ensino de História; que ainda há muito a se fazer e refletir acerca da realidade que contempla o ensino de História focado na contribuição da música popular; e que abordagens como esta são essenciais para reflexões e futuras tomadas de direcionamento no âmbito da metodologia do ensino de História.

A pesquisa realizada pelo Prof. Geraldo Magella de Menezes Neto, do Curso de História, “Histórias que os livros didáticos regionais contam: narrativas didáticas da história da Amazônia (séculos XX – XI)”, diz respeito à segunda parte do projeto “A História Regional na sala de aula: produção e usos de livros (para)didáticos de História da Amazônia no início do século XXI”, iniciado em 2016. A pesquisa é importante para conhecer e problematizar os projetos para a educação que cada sociedade tem, em cada período histórico de sua existência. Buscou analisar os conteúdos dos livros didáticos voltados para uma história regional, identificando permanências e mudanças de temas, produzidos no estado do Pará, desde o início do século XX. Foram priorizados os conceitos de aportes teóricos da história cultural, da história do livro e da leitura. As mudanças de temáticas observadas foram: os povos indígenas da Amazônia antes da chegada dos europeus; o estudo da diversidade cultural indígena; a presença dos negros na Amazônia; e a resistência indígena e negra contra a escravidão. Tais mudanças são resultado das demandas sociais advindas do movimento negro e indígena, principalmente nas últimas décadas do século XX e início do XXI.

A publicação do quarto volume de “Resumos expandidos dos relatórios dos projetos de investigação científica” expressa mais uma vez o compromisso do Centro Universitário Fibra de não só envidar esforços, no sentido de possibilitar o desenvolvimento de pesquisas, como também de dar a conhecer à sociedade acadêmica a produção científica que seus professores realizam em projetos que refletem problemas atuais, fortalecendo, assim, o ensino pela produção de conhecimentos.

Profª Célia Maria Coêlho Brito
Coordenadora de Investigação Científica