Missão

Contribuir com o desenvolvimento sustentável do Pará, da Amazônia e do Brasil, por meio da formação de cidadãos críticos, empreendedores, inovadores, criativos, tecnicamente competentes nas suas áreas de atuação, capazes de promover a diminuição das desigualdades sociais e de reafirmar os valores sociais que conduzam ao progresso, à paz e à justiça social.

Princípios

Na organização e no desenvolvimento de suas atividades, a FIBRA defenderá e respeitará os princípios.

  • pluralismo de idéias e de concepções pedagógicas;
  • indissociabilidade entre o ensino, a pesquisa e a extensão;
  • universalidade do conhecimento e fomento à transdisciplinaridade e a interdisciplinaridade;
  • liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber;
  • garantia de padrão de qualidade e eficiência;
  • orientação humanística e a preparação para o exercício pleno da cidadania;
  • estímulo ao diálogo no que concerne à gestão institucional;
  • apoio ao desenvolvimento  sustentável da Região Amazônica e do Brasil;
  • igualdade de condições para acesso e permanência na FIBRA;
  • vinculação entre educação escolar, o trabalho e as práticas sociais;
  • contribuição com o resgate da cultura e com o desenvolvimento sustentável da Região;
  • defesa dos direitos humanos da paz e de preservação do meio ambiente e de modo particular ao da Região Amazônica.

Objetivos

  • produzir sistematicamente e transmitir conhecimentos;
  • promover a aplicação prática do conhecimento, visando á melhoria da qualidade de vida em seus múltiplos e diferentes aspectos, na nação e no mundo;
  • promover a formação do homem para o exercício profissional, bem como a ampliação e o aprofundamento dessa formação;
  • desenvolver e estimular a reflexão crítica e a criatividade;
  • ampliar a oportunidade de acesso à educação superior;
  • desenvolver o intercâmbio cultural, científico e tecnológico;
  • participar da sociedade do conhecimento divulgando a cultura e a pesquisa regional nos meios de comunicação de redes internacionais e nacionais;
  • estimular metodologias alternativas e a apropriação por parte da comunidade acadêmica de modernos meios de comunicação que possibilitem que a instituição acompanhe a evolução tecnológica que define a formação do profissional para o mundo do trabalho contemporâneo;
  • promover programas de formação continuada abertos para a comunidade;
  • buscar e estimular a solidariedade na construção de uma sociedade democrática e justa, no mundo da vida e do trabalho; e
  • preservar e difundir os valores éticos e de liberdade, igualdade e democracia.