A coordenação da Pós-Graduação e Extensão da Faculdade Integrada Brasil Amazônia – FIBRA realiza no dia 05 de maio, a I Mostra de Extensão e Cultura da FIBRA. As inscrições podem ser realizadas na Coordenação de Extensão da instituição. 

O evento acontece às 9h, na FIBRA, e contará com cerca de 20 atividades e ações para discentes. Dentre a programação, teremos  CineFibra, Ciranda Inclusiva, Alimentos Funcionais, Prevenção à Violência contra Mulher, Projeto Happy Hour, Fibra vai ao Quilombo, Exposição sobre ações do projeto ataque total, Belém e seus palacetes,  Stand para empresa júnior, Campanha para arrecadação de vidro para armazenamento de leite materno, Professores do futuro e dentre outros. 

Inúmeras atividades na área da saúde poderão ser aproveitadas, entre elas, “A rotulagem nutricional: conhecendo o que se come por meio de rótulos”, “Educação, meio ambiente e saúde”, que debaterá sobre a qualidade de vida das pessoas que precisam de atenção para o bem-estar físico e mental, “Alimentação alternativa no combate à obesidade, sobrepeso e doenças interligadas”, que vão realizar exposição de informação acerca de alimentos alternativos para redução de IMC, além de alerta de alimentos saudáveis e perigosos.

Por sua vez, o “Programa de Saúde” coordenado pela Profª Cinthia Brígida, vai trazer verificação de pressão arterial, glicemia capilar e consultas de enfermagem. Além disso, o curso de Odontologia apresentará palestras sobre higiene bucal e atendimento de pacientes nas clínicas, na qual será realizada a avaliação e profilaxia com aplicação de flúor.

 Durante o curso de extensão, a Profª. Aline Rodrigues e Marcos Valério Reis irão coordenar a atividade de “Contribuição para formação do professor: outras práticas, novos olhares sobre o ensino-aprendizagem de leitura”, com troca de livros, exposição de fotos e textos literários, bate-papo com autores paraenses, declamação de poemas, poesias e crônicas.

Com diversa programação, o evento ainda irá exibir uma Mostra fotográfica, com o tema “Conhecendo Itacoã- Mirim”, na qual vai trazer uma exposição fotográfica sobre ancestralidade e saberes quilombolas, além de apresentar os desafios e superações das mulheres quilombolas, que buscam a formação do ensino superior.

Prevenção à violência contra mulher será pautada, com diversos alertas, como a prevenção à violência doméstica, por meio da educação, com objetivo de mostrar na capital quais políticas públicas são utilizadas para combater a violência e divulgar as políticas públicas sobre a violência doméstica. A ideia é colocar em foco a saúde, educação e segurança pública. Para isso, no primeiro momento a palestra vai receber a Secretária de Saúde Pública do Pará – SESPA, por meio da coordenadora responsável pela política pública saúde da mulher, além da presença da Defensoria Pública e Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher.

As atividades estarão concentradas em diversas áreas da instituição, como sala de aula, Auditório, Espaço de convivência, laboratório de Odontologia e dentre outros espaços.