Docentes, alunos e público externo participaram na manhã do último sábado, 05 de maio, da I Mostra de Extensão e Cultura, que reuniu mais de 20 projetos, oficinas e palestras desenvolvidas na Faculdade Integrada Brasil Amazônia – FIBRA.

O evento teve palavras de abertura, com a coordenadora dos cursos de Pós-Graduação, professora Márcia Macola. Na ocasião, ela destacou que a I Mostra de Extensão e Cultura tem o objetivo de mostrar ações, projetos e atividades coletivas desenvolvidas, por meio dos docentes e alunos da instituição. “O evento é focado em projetos realizados dentro da faculdade, trazendo grande importância para comunidade em que está inserida”, comentou.

Alunos da FIBRA realizaram apresentação de teatro, que abordou a importância da doação de sangue. Dentre a ampla programação, o público conferiu atividades e projetos, como CineFibra,Mostra Fotográfica, Projeto Happy Hour, Exposição sobre ações do projeto ataque total, Prevenção à violência contra mulher, Stand para empresa júnior, Proposta de alimentos funcionais,  Contribuição para formação do professor e dentre outros projetos.

O projeto “Fibra vai ao quilombo” exibiu uma mostra fotográfica e teaser do documentário sobre Itacoã-Mirim, localizado no Baixo Acará. A profª Alik de Araújo, coordenadora do projeto, explicou que a visita na comunidade proporcionou uma troca de conexão de saberes entre a população, além de conhecer sonhos e desafios dos moradores. “Os alunos também estavam à frente do projeto. E isso será fruto do documentário “Mulheres quilombolas: vivências em Itacoã-Mirim”,mencionou.

A profª Ariane Amoras de Araujo, abordou a temática da “Prevenção à violência doméstica”, com a presença da Defensora Pública, Thais Coelho, que explicou a atuação da Defensoria Pública do Pará, na prevenção e combate da violência contra mulher, através do Núcleo Especializado ao Atendimento ao Homem – NEAH e Núcleo de Atendimento Especializado à Mulher – NAEM.

Além disso, alunos assistiram “Contribuição para formação do professor: outras práticas, novos olhares sobre o ensino-aprendizagem de leitura”, a programação mostrou a importância da leitura, com a presença do escritor paraense, Edyr Augusto Proença.A aluna Mônica Rebêlo, do 7° semestre do curso de Pedagogia, parabenizou a FIBRA pelo evento. A discente relata que é importante para a formação colocar em prática assuntos e temáticas que são ensinadas dentro da sala de aula.