TELEFONES DE CONTATO

91 3266-3110 / 3226-5040

ENDEREÇO

Av. Gentil Bittencourt 1144.

Com objetivo de buscar a solução de conflitos de processos de divórcio, união estável, guarda de filhos e alimentos, o Núcleo de Prática Jurídica - NPJ da Fibra realizou ontem, 27, o 2° Mutirão de Família, em parceria com Centro Judiciário de Soluções de Conflitos (Cejusc). A ação, que usa o diálogo como o principal meio de resolução de conflitos, obteve 72% acordos.

O evento teve início com uma palestra de acolhimento entre os assistidos, no auditório da Fibra, onde participou o coordenador do NPJ Vicente Noronha Filho, destacou a importância do mutirão como forma de realizar atendimentos jurídicos gratuitos, além de oferecer solução de conflitos de caráter ágil.

Na ocasião, a coordenadora do Cejusc Varas de Família, juíza Eliane Figueiredo, pontuou o objetivo do mutirão, que busca o diálogo e consenso entre as partes. “Independente do conflito, devemos buscar a presença dos pais na vida dos filhos, sempre buscando o bem-estar deles”, disse.

Durante o mutirão, pelo menos de 72% de acordos foram solucionados com êxito, segundo o coordenador do NPJ Vicente Filho. “O objetivo do mutirão é solucionar o conflito de forma construtiva. E ficamos satisfeitos, já que muitos assistidos saíram com a sentença judicial nas mãos”, comentou.

Participou do mutirão, a Advogada; Renata Noronha, Professora estágio supervisionado III; Ariane Cunha, a promotora de justiça; Maria de Belém Santos, Mediadores do Cejusc; Luiz Guilherme Souza e Karine Braga, além dos alunos do curso de Direito da Fibra do 9° e 10° semestres.

© 2018 Faculdade Integrada Brasil Amazônia.