O Estágio

Entende-se como Estágio todo ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de estudantes que estejam freqüentando o ensino regular em instituições de educação superior, de educação profissional, de ensino médio, da educação especial e dos anos finais do ensino fundamental, na modalidade profissional da educação de jovens e adultos. Visa o aprendizado de competências próprias da atividade profissional e à contextualização curricular, objetivando o desenvolvimento do estudante para a vida cidadã e para o trabalho.

Em suas atividades diárias, o Núcleo de Estágio  tem buscado aumentar o número de Empresas Parceiras (Concedentes de Estágios) promovendo assinaturas de Termos de Convênio de Estágios,atualização dos Convênios e Termos de Compromissos, bem como os dados de todos os alunos cadastrados para estágio.

Tipos de Estágio

ESTÁGIO ACADÊMICO OBRIGATÓRIO

É necessário para  a complementação da formação universitária e consta de atividades pré-profissionais em consonância com as diretrizes curriculares para estágio, estabelecidas na programação didático-pedagógica da Instituição de Ensino, podendo ou não haver remuneração, cuja carga horária é requisito para aprovação e obtenção de diploma. (§ 1º, Art. 2º, Lei 11.788/08).

ESTÁGIO ACADÊMICO NÃO OBRIGATÓRIO

O Estágio Acadêmico Não Obrigatório é uma atividade curricular uma vez que os alunos desenvolvem atividades inerentes à área de formação, ou seja, todos os alunos são direcionados para a prática de estágio correspondente ao Curso que estão realizando, e que por sua vez este deve haver a remuneração, ou seja, recebem Bolsa-Auxílio e é desenvolvido em qualquer Instituição conveniada com a FIBRA, obedecendo a seleção e classificação dos alunos.

As relações do Núcleo de estagio  com os setores público, e privado ocorrem através de parcerias formalizadas por meio de convênios, para captação das oportunidades de Estágio visando o treinamento prático do estudante e a formação de atitudes psicológicas de mobilização, adaptação e equilíbrio, requeridas pelo mundo do trabalho. Trata-se de ações de integração entre Faculdade, Empresa e Governo visando a melhor formação profissional dos alunos.

Desta forma, o Núcleo de estágio além de viabilisar as parcerias, mantém os alunos informados das vagas disponibilizadas, através de publicação no site da Instituição e por meio de avisos afixados no mural de estágio.

Quem pode ser Estagiário?

Alunos regularmente matriculados e que venham freqüentando cursos de educação superior, de educação profissional, de ensino médio, da educação especial e nos anos finais do ensino fundamental, na modalidade profissional da educação de jovens e adultos e atestados pela instituição de ensino (Lei 11.788/08, Art.3°).

A realização de estágios, nos termos desta Lei, aplica-se aos estudantes estrangeiros regularmente matriculados em cursos superiores no País, autorizados ou reconhecidos, observado o prazo do visto temporário de estudante, na forma da legislação aplicável (Lei 11.788/08, Art.4°).

Onde pode ser feito o Estágio?

Podem oferecer estágio as pessoas jurídicas de direito privado e os órgãos da administração pública direta, autárquica e fundacional de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, bem como profissionais liberais de nível superior devidamente registrados em seus respectivos conselhos de fiscalização profissional (Lei 11.788/08, Art.9°).

Ciente da responsabilidade de tornar esse processo de integração com maior participação dos setores, o Núcleo de Estágio faz o acompanhamento dos alunos  no campo de estágio  ,orienta em relação ao relatório obrigatório  que deve ser entregue a cada 6 meses na  FIBRA, esses relatórios são avaliados pelos professores respectivos de cada curso que foram designados através de protarias.

Também é sua função, organizar eventos na Faculdade, sobre Estágio e convidar representantes de Empresas e Instituições Públicas para tornarem-se presentes e contribuírem com informações complementares, interessando-se também nos programas de formação acadêmica da Faculdade.