TELEFONES DE CONTATO

91 3266-3110 / 3226-5040

ENDEREÇO

Av. Gentil Bittencourt 1144.

Objetivo Geral

Visamos a formação de Psicólogos com sustentação científica, postura ética reflexiva e qualificados para o exercício técnico e profissional em Psicologia, atendendo as demandas loco regionais. Almejamos, ainda, formar profissionais sensíveis às mudanças impostas pelo contexto social, com suficiente autonomia intelectual e capacitado para o exercício das novas práticas daí emergentes, devendo buscar, de forma contínua, novos conhecimentos após a Graduação, comprometendo-se com as transformações sociais.

Perfil do Egresso

O Curso de Graduação em Psicologia da FIBRA visa à formação de graduados em Psicologia que evidenciem competências básicas nas diferentes orientações teórico-metodológicas e capacidade de integrá-las, de forma crítica, à prática ao longo de sua formação acadêmica e posterior ação profissional.
O Curso de Graduação em Psicologia, a partir de uma concepção generalista e pluralista na formação, ao atender as Diretrizes Curriculares Nacionais, busca garantir a formação do graduado em Psicologia voltada para a atuação profissional, para a pesquisa e para o ensino de Psicologia. Capaz de realizar exercício de crítica, criatividade, autonomia, comunicação, iniciativa e cooperação, este profissional estará apto a utilizar os múltiplos referenciais que buscam apreender a amplitude do fenômeno psicológico em suas interfaces com os fenômenos biológicos e sociais, bem deverá ser capaz de reconhecer a diversidade de perspectivas que norteiam a compreensão do ser humano, promovendo a interlocução com campos de conhecimento que permitam a apreensão da complexidade e multideterminação do fenômeno psicológico.
A partir de um ideal de cidadania, compreendido como a concretização dos direitos que permitem ao indivíduo sua inserção na sociedade, este profissional estará apto a atuar em diferentes contextos com base nas necessidades sociais e direitos humanos, tendo em vista a promoção da qualidade de vida dos indivíduos como sujeitos de direitos, grupos, organizações e comunidades, a partir de intervenções políticas e científicas adequadas e eticamente orientadas.
Em consonância com a Resolução CNE/CES nº 05/2011, o Curso de Graduação em Psicologia oferece duas ênfases:

• Ênfase I - Processos de Prevenção e Promoção de Saúde
• Ênfase II - Psicologia e Processos de Gestão

O perfil do profissional egresso está definido de acordo com as DCN’s e expressa as competências e habilidades a serem desenvolvidas pelo discente ao longo de sua formação, articulando-as com as necessidades regionais e locais, havendo planejamento para sua ampliação, em função de novas demandas apresentadas pelo mundo do trabalho.
Registra-se que a FIBRA propiciará, aos discentes, a ampliação das oportunidades de aprendizagem, por meio de Atividades Complementares (estágios, monitorias, grupos de estudo, investigação científica, extensão, etc.).

Possibilidades de Inserção Profissional do Egresso

A profissão foi regulamentada pela Lei nº 4.119, de 27 de agosto de 1962, e no Decreto nº 53.464, de 21 de janeiro de 1964.

De acordo com o §1º do artigo 13 da Lei nº 4.119/1962, constitui função privativa do Psicólogo a utilização de métodos e técnicas psicológicas com os seguintes objetivos:

a) diagnóstico psicológico;
b) orientação e seleção profissional;
c) orientação psicopedagógica;
d) solução de problemas de ajustamento.

O §2º do artigo 13 da Lei nº 4.119/1962 estabelece que é da competência do Psicólogo a colaboração em assuntos psicológicos ligados a outras ciências.

O Decreto nº 53.464/1964, em seu artigo 4º, enuncia as funções do Psicólogo no exercício da atividade profissional. São elas:

1) Utilizar métodos e técnicas psicológicas com o objetivo de:
a) diagnóstico psicológico;
b) orientação e seleção profissional;
c) orientação psicopedagógica;
d) solução de problemas de ajustamento.

2) Dirigir serviços de Psicologia em órgãos e estabelecimentos públicos, autárquicos, paraestatais, de economia mista e particulares.

3) Ensinar as disciplinas de Psicologia nos vários níveis de ensino, observadas as demais exigências da legislação em vigor.

4) Supervisionar profissionais e alunos em trabalhos teóricos e práticos de Psicologia.

5) Assessorar, tecnicamente, órgãos e estabelecimentos públicos, autárquicos, paraestatais, de economia mista e particulares.

6) Realizar perícias e emitir pareceres sobre a matéria de Psicologia.

O psicólogo procede ao estudo e análise dos processos intrapessoais e das relações interpessoais, possibilitando a compreensão do comportamento humano individual e de grupo, no âmbito das instituições de várias naturezas, onde quer que se deem estas relações. Aplica conhecimento teórico e técnico da Psicologia, com o objetivo de identificar e intervir nos fatores determinantes das ações e dos sujeitos, em sua história pessoal, familiar e social, vinculando-as também a condições políticas, históricas e culturais.
O psicólogo, dentro de suas especificidades profissionais, atua no âmbito da educação, saúde, lazer, trabalho, segurança, justiça, comunidades e comunicação com o objetivo de promover, em seu trabalho, o respeito à dignidade e integridade do ser humano.

Contribui para a produção do conhecimento científico da Psicologia através da observação, descrição e análise dos processos de desenvolvimento, inteligência, aprendizagem, personalidade e outros aspectos do comportamento humano e animal; analisa a influência de fatores hereditários, ambientais e psicossociais sobre os sujeitos na sua dinâmica intrapsíquica e nas suas relações sociais, para orientar-se no psicodiagnóstico e atendimento psicológico; promove a saúde mental na prevenção e no tratamento dos distúrbios psíquicos, atuando para favorecer um amplo desenvolvimento psicossocial; elabora e aplica técnicas de exame psicológico, utilizando seu conhecimento e práticas metodológicas específicas, para conhecimento das condições do desenvolvimento da personalidade, dos processos intrapsíquicos e das relações interpessoais, efetuando ou encaminhando para atendimento apropriado, conforme a necessidade. Participa da elaboração, adaptação e construção de instrumentos e técnicas psicológicas através da pesquisa, nas instituições acadêmicas, associações profissionais e outras entidades cientificamente reconhecidas. Realiza divulgação e troca de experiência nos eventos da profissão e comunidade científica e, à população em geral, difunde as possibilidades de utilização de seus recursos.

O psicólogo desempenha suas funções e tarefas profissionais individualmente e em equipes multiprofissionais, em instituições privadas ou públicas, em organizações sociais formais ou informais, atuando em: hospitais, ambulatórios, centros e postos de saúde, consultórios, creches, escolas, associações comunitárias, empresas, sindicatos, fundações, varas da criança e do adolescente, varas de família, sistema penitenciário, associações profissionais e/ou esportivas, clínicas especializadas, psicotécnicos, núcleos rurais e nas demais áreas onde as questões concernentes à profissão se façam presentes e sua atuação seja pertinente.

Coordenação

Jorge SantosJosé Guilherme Wady Santos

Coordenador do Curso de Psicologia (FIBRA). Doutor em Ciências Sociais (2013), Mestre em Psicologia (2002) e Psicólogo (1999) – CRP 10/01227, pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Exerce a prática clínica psicológica, além de estar vinculado à Secretaria Municipal de Saúde de Belém (PA). Tem como interesse de pesquisa a área da Saúde Coletiva, com interfaces em Produção do Cuidado e Tecnologias em Saúde; Planejamento e Gestão; Trabalho e Educação Permanente em Saúde e Redes Temáticas de Atenção à Saúde. Coordena o Projeto de Pesquisa "Conexões assistenciais e existenciais entre as redes cegonha e parteiras, em Bujaru-PA: por onde passa o cuidado?" e está como um dos coordenadores do Grupo de Estudos e Pesquisas em Migração na Amazônia (GEPMigrA). Avaliador dos seguintes periódicos: Saúde em Debate; Saúde em Redes e Argumental Journal Law.
Link para cessar o CV: http://lattes.cnpq.br/6040494122898858

© 2022 Centro Universitário Fibra.