Autorizado pelo MEC - Portaria Nº 318 de 02/08/2011

De todas as áreas do conhecimento humano, a Farmácia assume um papel social de relevada importância por ser o campo de pesquisa científica e tecnológica para a produção e controle de medicamentos, dos quais depende, em grande parte, a recuperação da saúde.

O farmacêutico graduado na FIBRA terá formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, irá atuar em todos os níveis de saúde, exercendo suas atividades dentro dos princípios da ética/bioética, tendo em conta que a responsabilidade da atenção à saúde não se esgota com o ato técnico per se, mas sim, com a resolução do problema de saúde, tanto em nível individual como coletivo. Estará apto a desenvolver suas atividades nas áreas relacionadas a pesquisa, desenvolvimento, seleção, manipulação, produção, armazenamento e controle de qualidade de insumos, fármacos, sintéticos, recombinantes e naturais, medicamentos, cosméticos, saneantes e domissaneantes e correlatos, e ainda na atenção farmacêutica, toxicologia, regulamentação e fiscalização do exercício profissional, responsabilidade técnica por análises clinico-laboratoriais, farmacoepidemiologia, políticas de medicamentos, planejamento, administração e gestão de serviços farmacêuticos, tanto no âmbito do setor público como do privado.