TELEFONES DE CONTATO

91 3266-3110 / 3226-5040

ENDEREÇO

Av. Gentil Bittencourt 1144.

Resolução N° 03/2021 - CONSUN, de 28 de Janeiro de 2021, autorização do Curso de Graduação em Medicina Veterinária, Bacharelado.

Objetivo Geral

O Curso de Graduação em Medicina Veterinária tem por objetivo geral formar profissionais generalistas, humanistas, críticos, reflexivos e capacitados técnica e cientificamente para intervirem nas áreas de competência do Médico Veterinário que abrangem: saúde animal, saúde pública e saúde ambiental; clínica veterinária; medicina veterinária preventiva; inspeção e tecnologia de produtos de origem animal; zootecnia, produção e reprodução animal; em atendimento às demandas loco regionais e nacionais, considerando sua inserção institucional, política, geográfica e social.

Ainda, objetiva preparar o profissional a atuar respeitando os princípios éticos, morais e culturais do indivíduo e da coletividade, com consciência da diversidade e preparado para a adaptação de ambientes em mudanças, considerando as novas práticas emergentes no campo da Medicina Veterinária.

Perfil do Egresso

O Curso de Graduação em Medicina Veterinária tomou como referência perfil do egresso estabelecido nas diretrizes curriculares dispostas na Resolução do CNE/CES 03/2019.

Os alunos formados pelo Curso de Medicina Veterinária da Instituição serão Médicos Veterinários com um perfil profissional generalista, humanista, crítico e reflexivo, apto a compreender e traduzir as necessidades de indivíduos, grupos sociais e comunidades, com relação às atividades inerentes ao exercício profissional, no âmbito de seus campos específicos de atuação em: saúde animal, saúde pública e saúde ambiental; clínica veterinária; medicina veterinária preventiva; inspeção e tecnologia de produtos de origem animal; zootecnia, produção e reprodução animal; bem como a medicina veterinária para os esportes com os animais. Ter conhecimento dos fatos sociais, culturais e políticos; de economia e de administração. Capacidade de raciocínio lógico, de observação, de interpretação e de análise de dados e informações, bem como dos conhecimentos essenciais de Medicina Veterinária para identificação e resolução de problemas visando a sustentabilidade econômica, social, ambiental e o bem-estar animal.

Ofertar o curso de graduação em Medicina Veterinária é, antes de tudo, cumprir o compromisso com da IES, pois o curso será implementado, avaliado e atualizado sempre, frente às necessidades locais e regionais às demandas apresentadas pelo mundo do trabalho.

Além disso, considerando a sua vocação, o curso estará intimamente articulado com o Serviço Público Médico Veterinário.

Portanto, o perfil profissional do egresso foi definido de acordo com as DCNs dos Cursos de Graduação em Medicina Veterinária, expressa as competências e habilidades a serem desenvolvidas pelo discente e articula-as com necessidades locais e regionais, havendo planejamento para sua ampliação em função de novas demandas apresentadas pelo mundo do trabalho. Registra-se que a Instituição propiciará aos discentes a ampliação das oportunidades de aprendizagem, por meio das atividades complementares (estágios, monitorias, grupos de estudo, investigação científica, extensão etc.).

Competências e Habilidades

Ao elaborar o Projeto Pedagógico do Curso de graduação em Medicina Veterinária, a IES teve presente a Resolução CNE/CES nº 3/2019, que prevê “Competências e Habilidades Gerais e Específicas” a serem implementadas no processo de formação do profissional de Medicina Veterinária.
A formação do Médico Veterinário pela IES tem por objetivo dotar o profissional dos conhecimentos para desenvolver ações e resultados voltados à área de Ciências Agrárias e da Saúde no que se refere à Produção Animal, Produção de Alimentos, Saúde Animal, Saúde Pública e Saúde Ambiental, além das seguintes competências e habilidades gerais: 

  • Atenção à saúde: os médicos veterinários devem estar aptos a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo. Cada profissional deve assegurar que sua prática seja realizada de forma integrada e contínua com as demais instâncias do sistema de saúde. Sendo capaz de pensar criticamente, de analisar os problemas da sociedade e de procurar soluções para os mesmos. Os profissionais devem realizar seus serviços dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética/bioética, considerando que a responsabilidade da atenção à saúde não se encerra com o ato técnico, mas sim, com a resolução do problema de saúde, em geral 
  • Tomada de decisões: o trabalho dos médicos veterinários deve estar fundamentado na capacidade de tomar decisões visando o uso apropriado, eficácia e custo efetividade, da força de trabalho, de medicamentos, de equipamentos, de procedimentos e de práticas. Para este fim, os mesmos devem possuir competências e habilidades para avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas;
  • Comunicação: os médicos veterinários devem manter a confidencialidade das informações a eles confiadas, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral. A comunicação envolve comunicação verbal, não verbal e habilidades de escrita e leitura; o domínio de, pelo menos, uma língua estrangeira e de tecnologia de comunicação e informação; 
  • Liderança: no trabalho em equipe multiprofissional, os médicos veterinários devem estar aptos a assumir posições de liderança, sempre tendo em vista o bem-estar da comunidade. A liderança envolve compromisso, responsabilidade, empatia, habilidade para tomada de decisões, comunicação e gerenciamento de forma efetiva e eficaz; 
  • Administração e gerenciamento: os médicos veterinários devem estar aptos a tomar iniciativas, fazer o gerenciamento e administração tanto da força de trabalho, dos recursos físicos materiais e de informação, da mesma forma que devem estar aptos a ser empreendedores, gestores, empregadores ou lideranças em equipes de saúde; 
  • Educação permanente: os profissionais devem ser capazes de aprender, continuamente, tanto na sua formação, quanto na sua prática. Desta forma, os profissionais de saúde devem aprender a aprender e ter responsabilidade e compromisso com a sua educação e com o treinamento/estágios das futuras gerações de profissionais, mas proporcionando condições para que haja benefício mútuo entre os futuros profissionais e os profissionais dos serviços, inclusive, estimulando o desenvolvimento e desenvolvendo a mobilidade acadêmico/profissional, a formação e a cooperação através de redes nacionais e internacionais.

Carga Horária

4820 horas

Duração

10 semestres (5 anos)

Turnos

Matutino, vespertino e noturno

Mais Informações

© 2021 Centro Universitário Fibra.